Um Renascimento pós-moderno

O Renascimento Cultural representa o marco de uma ruptura com as estruturas medievais, o início de uma transformação necessária, e a inauguração de um novo tempo. O Renascentismo  trouxe à sociedade valores que suplantavam o totalitarismo da época, contudo reacendia um totalitarismo da existência, do “eu”. Atrevo-me a dizer que o ‘reinado do eu’ da sociedade moderna começou a ser exposto nesse momento, apesar de não desconsiderar a existência desse sentimento na sociedade que precedia à do Renascimento, muito embora estivesse ali de forma velada.

Ano após ano, vimos reinos, povos, governos tentando reafirmar conceitos difundidos nesse período da idade média: o individualismo, o hedonismo, o antropocentrismo. A Alemanha da Segunda Guerra reafirmando sua superioridade e os EUA mostrando a supremacia de seu conhecimento bélico, químico, tecnológico. Parece que a lei do melhor impera. Cá estamos, século XXI, contaminados por esse sentimento, pensando cada dia mais em nós mesmos, na profissão que me torna o melhor, o mais rico, o mais influente; na roupa que me torna o mais bonito; na filosofia de vida que me torna o mais correto; nas formações que me tornam o mais inteligente; em tudo aquilo que me traz prazer e alimenta a minha consciência, o meu ego.

Valores antigos foram se perdendo na vitrine do tempo, o respeito, a educação, a reverência, o companheirismo, a relação de boa vizinhança, todos esmagados pela vontade de ter e ser mais. As consequências disso são múltiplas, um número grande de indivíduos de classe D e E, jovens envolvidos com drogas e violência porque simplesmente lhe dão prazer, crimes que surpreendem pela falta de respeito ao próximo como sujeito, igual a mim nos seus direitos e deveres; desrespeito à vida, discussões e boicotes entre colegas de profissão, milhares de indivíduos apáticos frente à globalização, muitos indivíduos com tudo e outros com nada.

Diante disso, discute-se hoje a necessidade de propor a crianças, adolescentes e jovens disciplinas que discutam conceitos, como moral e ética. A tentativa é promover a reflexão  desses indivíduos, de trazer de volta valores antigos, mas nem por isso obsoletos. Você pode estar se perguntando se esta não é, tal qual a disciplina moral e cívica, implantada na época da ditadura militar, uma tentativa de moldar o comportamento e convencer sobre as benesses do regime atualmente implantado. Infelizmente o estado não é mesmo imparcial. É sempre aquele velho jogo de interesses.

Creio sinceramente no poder transformador da educação, até mesmo para ensinar coisas que deveriam partir de uma criação, de uma relação familiar saudável, mas não é novidade para ninguém o contexto social de muitos jovens nesse país e, portanto, o desvio de conduta resultante. Voltemos ao real sentido atribuído à palavra renascimento pelo autor do livro ‘Cultura do Renascimento na Itália’ e não aos conceitos hedonistas e individualistas atrelados ao movimento. Jacob Burckhardt dizia que esse era o período de descoberta do mundo e do homem. Talvez seja mesmo necessário um ‘Renascimento pós- moderno’, dessa vez com uma ruptura com as estruturas modernas, e alguns chegam até afirmar que com a troca do modelo vigente. No Renascimento, o feudalismo foi substituído pelo capitalismo, será que o capitalismo poderia ser suplantado por outro sistema em um novo renascimento?

Para uma corrente filosófica, a história é cíclica e, sendo assim, tem fases de declínio inevitáveis. Se isso é mesmo verdade, vivemos nesse momento uma situação insustentável, semelhante a que culminou no Renascimento da antiguidade clássica, e em breve poderemos experimentar uma transformação, aos moldes do Renascimento, na cultura, sociedade, economia, política e religião.

 

About these ads

Algum comentário?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s